Opinião do Deputado

Condenação de Lula mostra que justiça e democracia andam juntas em nosso País

A condenação ao ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, proferida pelo juiz da 13ª Vara de Justiça Federal, Sergio Moro, de prisão por 9 anos e seis meses por corrupção e lavagem de dinheiro, teve forte repercussão na mídia tanto nacional quanto internacional, sendo um dos assuntos mais comentados.

Este fato nos mostrou um Brasil dividido. De um lado, multidões foram às ruas
comemorar em nome da justiça, pois acreditam que a condenação de Lula nada mais é do que um ato justo. Porém, em outra perspectiva, milhares foram às ruas, também para pedir que a justiça seja feita, mais uma vez que acreditam na inocência do líder político. Tal contexto nos convida a uma reflexão. Penso que a decisão de Sergio Moro foi correta, pois tivemos até aqui um momento preliminar de apuração pelo Ministério Público e pela polícia, houve uma denúncia que foi acolhida e analisada por mais de um ano pelo juiz, o qual ouviu testemunhas, logo, a decisão foi tomada no cumprimento da lei, e esta deve ser aplicada, indiscutivelmente, para todos. Desta forma, desejo que o mesmo tratamento seja aplicado aos demais envolvidos em atos ilícitos. Torço para que a justiça seja praticada com seriedade e responsabilidade. E ampliando um pouco mais o nosso olhar para este cenário, enxergamos que, além da aplicação da justiça, vemos a presença da democracia, uma vez que foi garantido o amplo direito de defesa ao ex-presidente. Sendo assim, mostra que a democracia não foi maculada. Justiça e democracia sempre devem andar juntas em nosso Brasil.